Quando a empresa possuir mais de um sócio, deverá ser definido os sócios administradores e os sócios quotistas

Sócio administrador – O sócio administrador é responsável pela administração da empresa, recebendo um “pró-labore” para exercer esta função. Ele assina e responde legalmente pela empresa. Todos os sócios podem ser administradores ou não. No caso de nenhum dos sócios querer desempenha esta função, um administrador contratado deverá ser nomeado Administrador e o Contrato Social deverá prever esta situação.

Sócio quotista – Este tipo de sócio não trabalha na empresa, não retira ‘pró-labore’, mas participa de lucros e prejuízos do negócio e responde pelos atos da Pessoa Jurídica, em solidariedade com os outros sócios.

É importante salientar que nem todos os sócios podem ser os administradores da empresa. Os casos mais comuns estão relacionados a seguir:

Funcionário Público – Na maioria dos casos, o funcionário público está impedido pelo seu Estatuto de Servidor de ser sócio administrador ou titular de firma do tipo Empresário. Geralmente, ele poderá ser somente sócio quotista. Para saber desta possibilidade, é necessário consultar a entidade para qual trabalha.

Aposentado por invalidez – O aposentado por invalidez não pode ser sócio administrador de uma empresa ou titular de empresa individual (Empresário), apenas sócio quotista.

Participação em outra empresa – Não é vedada a participação de uma pessoa em mais de uma empresa, mas existem implicações para fins tributários (Simples Nacional). Para tanto, verificar art. 3º da LC 123/06. O que é vedado é uma pessoa ter duas empresas do tipo Empresário em seu nome.

1º. definir o tipo de atividade
2º. procurar um contador
3º. definir o tipo de empresa
4º. definir o quadro societário
5º. Definição dos nomes
6º. Capital Social
7º. Cópias de Documentos
8º. Registro nos órgãos