A primeira providencia que o empresário ou futuro empresário deve tomar é definir qual vai ser a atividade e o ramo da empresa. Como regra geral, uma empresa pode ter tantas atividades quantas quiser. Mas recomenda-se limitar as atividades a aquelas que realmente a empresa vai atuar. Quanto maior o número de atividades, maior o controle sobre a legislação de cada uma das atividades.

Uma empresa poderá se enquadrar em uma ou mais atividades a seguir:

Indústria – São as empresas que trabalham com a produção de bens

Comércio Atacadista – São as empresas que trabalham com venda de mercadorias, para empresas que revenderão os produtos.

Comércio Varejista – São as empresas que trabalham com venda de mercadorias diretamente ao consumidor final

Prestação de Serviços – São as empresas que prestam serviços, tanto para pessoas físicas, quanto para jurídicas.

As atividades das empresas são definidas pelo (Código Nacional de Atividade Econômica) CNAE. Estes códigos são definidos e podem ser consultados na página de Internet. Procure no seguinte endereço: www.cnae.ibge.gov.br

1º. definir o tipo de atividade
2º. procurar um contador
3º. definir o tipo de empresa
4º. definir o quadro societário
5º. Definição dos nomes
6º. Capital Social
7º. Cópias de Documentos
8º. Registro nos órgãos